Breaking News

Falta a Barras quem lute por ela: precisamos de um representante filho da terra na Assembléia Legislativa



Texto e fotos: Agrandebarras



Há anos a cidade de Barras não consegue eleger um legítimo representante para a Assembleia Legislativa. Enquanto isso outras cidades de menor porte e menor importância política da região estão se desenvolvendo e conseguindo atrair investimentos, porque elegem seus deputados. 


Boa parte dos municípios da região norte do Estado conta ou contou a bem pouco tempo com nomes fortes no legislativo estadual, um filho da terra. Se não, vejamos: Pedro II tem Antônio Uchôa e Wilson Brandão; Esperantina, Themístocles Filho; Luzilândia, Ismar Marques; e Piripiri possui Marden Meneses, Odival Andrade e Dr. Pinto.


Nesse período, Barras ficou a ver outras cidades se desenvolverem, a exemplo de Piripiri, onde a indústria têxtil cresce e gera emprego e renda.

Em Barras há tanto potencial, por exemplo na agricultura, e belezas naturais que podem ser transformadas em atrações turísticas, assim como em todas as outras cidades da região norte do Piauí, mas nenhuma destas potencialidades recebeu a devida atenção, principalmente por falta de ação política na Assembleia Legislativa. Com mais de 33.000 eleitores, nossa cidade precisa ter um representante legitimo que trabalhe para atrair investimento e melhore condições de vida da população. Temos eleitores suficientes para eleger um deputado com uma votação expressiva e não podemos mais nos contentar apenas em conseguir uma terceira, segunda ou primeira suplência, como vem acontecendo nos últimos anos.




Barras precisa de um representante na Assembleia Legislativa que busque recursos para desenvolver esse potencial e, consequentemente, trazer melhorias para o município e a sua população. Com atrativos, a cidade pode ter aumento no número de empregos e um comércio mais fortalecido. 

É por esse motivo que Barras conta agora com a garra e a experiencia de uma mulher de luta e da terra: a vereadora Dra. Emília para nos representar na assembleia:  ela que lançou seu nome na busca por uma das 30 vagas na Assembleia Legislativa, pregando justamente a necessidade do município contar com um representante naquela casa. 
Contamos ainda com Valdy Portela que disputa uma das vagas na câmara federal juntamente com Neto Cavalcante e ainda Isaiana Fogo que também se dispõe a nos representar no cenário estadual.

Portanto, falta a Barras quem lute por ela, a nível estadual, quem apresente projetos de lei para sua melhoria e desenvolvimento, quem brigue por sua população. Nos falta uma/um filha(o) da terra eleita(o) como manda o figurino, na Assembleia Legislativa para nos ajudar a crescer.


Nenhum comentário